terça-feira, 1 de junho de 2010

nunca dizem não...


programas em família sempre são melhores... sejam eles: almoço, janta, uma volta só pra dizer que saiu, uma conversa, uma risada, um chimarrão tomado, um jornal lido, uma viagem, um pulo, uma pescaria, que me rendeu esta foto. tardinha, uma árvore, um açude com o reflexo da árvore, e vendo ainda mais ao fundo, a família. assim como eles, também fui com a minha família pra lá, programas que são necessários para um bom convívio entre os familiares. com a família são as viagens divertidas, rindo de qualquer besteira que aparece ou acontece em nossa frente. vamos à lugares diferentes, nos divertimos acima de tudo, mas como em qualquer família, os momentos ruins também acontecem. não saberia dizer o que seria de mim sem família. na verdade, eu nem seria, porque é preciso ter a família para constituir alguém. todo o carinho, o amor, as alegrias que somente a família traz e compartilha com os demais. uma pessoa não é nada sem outras pessoas consigo lhe ajudando ao longo da vida, e esse é o papel da família. sou testemunha disso... por tantas necessidades, momentos não tão deliciosos já passamos juntos e sempre tudo fica bem, da melhor maneira possível. e isso não há dinheiro que pague: a união, o conforto, a honestidade que cada um tem para com a sua família. podem existir brigas, claro, mas tudo sempre volta a ser o que era depois que as coisas se resolvem... por pior que tenha sido o momento, sempre foi com eles que eu pude contar. amigos, conhecidos, namorados, vão e vem, mas a família sempre fica conosco. e família nunca deixa de ser família... que me desculpem os demais, mas só a minha família me faz feliz de um jeito que os outros não conseguem. a família é algo sem descrição, sem limite. ela pode te surpreender a cada minuto. contudo, tudo isso que eu escrevo aqui hoje, pode ser que no futuro, só tenha a multiplicar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário